Polícia Civil - Destaques

14/07/2017

Polícia Civil esclarece homicídio que vitimou adolescente dentro de ônibus em Curitiba

Se apresentou na manhã desta sexta-feira (14), na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), um rapaz de 18 anos, suspeito do crime que vitimou Pedro Felipe Lopes da Luz, 16 anos, morto com golpes de canivete, dentro de um ônibus do transporte coletivo, em Curitiba.

Durante seu interrogatório na delegacia, o jovem acabou confessando o crime à polícia com riqueza de detalhes e disse ainda que não teve a intenção de matar a vítima, alegando legítima defesa.

Após uma sequência de investigações de campo e inteligência, os policiais civis da DHPP acabaram identificando o suspeito. “Como o caso ganhou grande repercussão na mídia, conseguimos chegar na identificação deste jovem com a ajuda do 0800 643 11 21. Na sequencia, em sua casa no bairro Cajuru, a equipe apreendeu o canivete utilizado para a prática do homicídio”, informou o delegado responsável pelo caso, Fabio Amaro.

O CRIME - O crime aconteceu na última sexta-feira (07), por volta das 12h30, em uma estação tubo localizada em frente ao Hospital Cajuru, no bairro Cristo Rei. Segundo as investigações, a vítima acompanhada de sua namorada, pagou a passagem e entrou no local para pegar um ônibus sentido a um shopping situado no bairro Rebouças.

Minutos depois, colegas da vítima chegaram até a estação tubo. “Os jovens tentaram entrar no ônibus sem pagar, momento em que um usuário do transporte coletivo teria impedido o acesso desses adolescentes. Pedro tentou ajudar os amigos, e acabou sendo atingido com vários golpes de faca, após uma luta corporal com o suspeito”, conta Amaro.

A vítima tentou chegar até o hospital, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco tempo depois. Um colega de Pedro também chegou a ser ferido, ele foi encaminhado ao hospital e passa bem.

O rapaz será indiciado pelo crime de homicídio qualificado tentado e consumado. Se condenado, poderá uma pena superior a 12 anos de reclusão. A arma apreendida será encaminhada à perícia.

HOMICÍDIOS – Vale ressaltar que os crimes ocorridos entre os dias (07/07 e 12/07), em um total de sete homicídios, quatro já foram elucidados pela equipe da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.