Policia Civil

16/08/2017

Polícia Civil realiza eleição para novo membro do Conselho

Em até 45 dias será eleito um novo membro do Conselho da Polícia Civil. A votação acontecerá de forma eletrônica e facultativa. O delegado eleito terá um mandato de dois anos, sendo permitido uma reeleição pelo mesmo período.

No último dia 3 de agosto foi publicado no Diário Oficial 10000 o Decreto Estadual 7513, o qual regulamenta o artigo 6º, VII da Lei Complementar 14/82 – Estatuto da Polícia Civil do Paraná – referente à eleição para membro do Conselho.

"A eleição para integrar o conselho retrata um importante avanço para que o colegiado tenha mais um colega, dessa vez indicado pela classe, para nos auxiliar nos julgamentos e outras deliberações administrativas que busquem o engrandecimento da nossa Instituição", falou o delegado-geral, Julio Reis, parabenizando as entidades de classe que também lutaram por essa conquista.

A Comissão Eleitoral será composta pelo corregedor-geral como presidente, e por três conselheiros os quais serão sorteados no dia 15 de agosto, durante a sessão do Conselho da Polícia Civil. Após a formação da comissão, esta definirá, o dia e horário da eleição, bem como a relação de nomes dos delegados aptos a serem votados.

“Com a publicação do decreto que regulamentou a eleição pra conselheiro, na próxima semana poderemos instalar o processo eleitoral que vai concretizar esta antiga reivindicação da classe dos delegados de policia do Paraná”, disse o corregedor-chefe da Corregedoria Geral da Polícia Civil, Jairo Estorilio.

Os delegados capacitados devem estar em atividade e na 1ª classe. Não podem estar respondendo a procedimentos criminais ou disciplinares. Os candidatos também não podem ter sido condenados criminal ou administrativamente nos últimos cinco anos. Além de não ser integrante do Conselho durante o período eleitoral.

Vale ressaltar que não haverá inscrições para a candidatura e o delegado que não quiser concorrer a eleição, deverá solicitar a sua exclusão para a Comissão Eleitoral em até dez dias úteis antes da votação.

Todos os delegados em exercício do estado poderão votar. O processo eleitoral será realizado de forma eletrônica, garantindo a inviolabilidade do voto e a auditoria do sistema, sendo voto direto, secreto e facultativo. Os ajustes para a votação eletrônica serão realizados assim que a Comissão Eleitoral for formada.

Após eleito, o delegado de polícia será lotado para uma unidade policial compatível a sua classe em Curitiba.

Confira aqui o Decreto Estadual 7513/2017.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.