Policia Civil

11/08/2017

Polícia prende trio de receptadores em Curitiba e região

Em ações distintas, a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Curitiba prendeu na última quarta-feira (09), três pessoas de 19, 24 e 32 anos, suspeitas de receptação de veículo. Com os suspeitos a polícia recuperou três carros roubados. A ação policial aconteceu no bairro Fazendinha e nos municípios de Colombo e Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba (RMC).

Foram recuperados um Fiesta branco, roubado no dia 26 de agosto de 2009, um Celta preto, levado em assalto no dia 15 de junho do ano passado, e um Gol vermelho, roubado no dia 4 de agosto deste ano. Dois homens 19 e 24 anos, e uma mulher de 32, foram detidos.

A primeira situação aconteceu depois que a especializada recebeu informações anônimas de que uma veículo em situação suspeita, estaria sendo comercializado em um site de vendas pela internet. Após a denúncia, os policiais iniciaram as investigações chegando até o veículo.

O Fiesta branco foi encontrado em um estacionamento de um supermercado no bairro Fazendinha, um homem de 24 anos que estava com o carro foi preso em flagrante. Questionado, o suspeito disse que não sabia que o veículo era roubado e que havia comprado o veículo pelo valor de R$ 5 mil.

Em outra situação, os policiais localizaram um rapaz de 19 anos com um Celta preto. O jovem estava no bairro Vargem Grande, em Pinhais, e tentava desatolar o carro quando foi abordado pela polícia. Ao analisar o veículo, os policiais constataram que o automóvel era roubado, o homem foi preso em flagrante.

A terceira situação aconteceu no município de Colombo, depois que a DFRV foi comunicada de que havia veículos roubados em uma oficina mecânica. Ao se deslocar até o local os investigadores encontraram um Gol com alerta de roubo. Uma mulher, de 32 anos, que estava no local foi presa em flagrante.

Todos responderão pelos crimes de receptação e aguardam à disposição da Justiça.

CURSO – O investigador de polícia, lotado na Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV) de Curitiba, Rodrigo Vrubel, e o perito criminal do Instituto de Criminalística (IC), Josué Tadeu Borba, estão ministrando neste mês de agosto, um curso prático de identificação e adulteração de veículos aos policiais militares do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran).

O objetivo é aperfeiçoar o conhecimento dos policiais para facilitar o trabalho de identificação dos veículos adulterados. As atividades acontecem nas dependências da DFRV, na Vila Izabel.

São três turmas com 50 policiais participantes. A primeira turma já concluiu o curso – com quatro horas aulas – na última quarta-feira (9). O curso será ministrado por mais duas semanas (às quartas-feiras), onde os policiais aperfeiçoam noções práticas e teóricas sobre a adulteração de veículos.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.