Polícia Civil - Destaques

05/12/2017

Polícia Civil inicia coleta biométrica para identidade digital

A Polícia Civil, através Grupo Auxiliar de Recursos Humanos (GARH), iniciou neste mês de novembro, a coleta biométrica, programa conduzido pelo Comitê de Qualidade da Gestão Pública, vinculado ao gabinete da Governadoria, em parceria com a Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná (Celepar).

A identidade digital será realizada para todos os servidores públicos que terão acesso a múltiplos dispositivos com mais segurança. Alguns serviços que necessitam hoje de senhas alfanuméricas poderão ser realizados com o uso da identidade digital.

Acessos a contracheques, contribuições previdenciárias, perícias médicas e Sistema de Assistência à Saúde (SAS), serão otimizados com a utilização da identidade digital. Posteriormente serão acrescentados outros benefícios, entre eles o acesso ao dossiê funcional.

Os servidores do Departamento da Polícia Civil, assim como da Escola Superior da Polícia Civil (ESPC), alunos recém-formados, policiais do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) e a Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), já realizaram a coleta biométrica.

De acordo com o GARH, um cronograma será realizado para a coleta biométrica dos demais funcionários públicos da capital, região Metropolitana e interior do Estado. “É importante a adesão de todos os servidores, uma vez que esse mecanismo tecnológico facilitará a utilização dos serviços disponibilizados pelo Governo do Estado”, destaca a delegada-titular do GARH, Luciana Novaes.

IDENTIDADE DIGITAL – São as informações arquivadas em dispositivos computacionais, correspondentes a uma pessoa. Um canal seguro para a comunicação de qualquer informação entre os meios tecnológicos.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.