Policia Civil

13/06/2018

Assassinatos diminuem 55% na cidade de Londrina

O número de assassinatos caiu mais da metade na cidade de Londrina no primeiro trimestre de 2018. Na segunda maior cidade do Paraná os homicídios dolosos (quanto há intenção de matar) diminuíram de 31 para 14 casos, equivalente 55% a menos. Essa importante redução da violência está no relatório divulgado nesta terça-feira (12) pela Secretaria da Segurança Pública do Paraná e leva em conta os registros dos três primeiros meses desde ano em comparação com o mesmo período de 2017.

O retrato da região é ainda melhor do que a tendência estadual. O Paraná registrou o menor índice de assassinatos desde que o dados começaram a ser compilados pela Sesp, em 2007. Foram 509 mortes no primeiro trimestre de 2018, contra 628 em janeiro, fevereiro e março do ano passado, uma diminuição de 19%.

O levantamento realizado pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) confirma uma queda consistente nos homicídios no Paraná. A contagem total de 2017 já havia sido a menor em dez anos, com 2.184 mortes.

A queda se repete no levantamento de homicídios na 20.ª Área Integrada de Segurança Pública (20.ª Aisp), que é a divisão estadual feita para fins estatísticos, e que, além de Londrina, inclui os municípios de Cambé, Ibiporã, Jataizinho e Tamarana. De 44 assassinatos nos primeiros três meses de 2017, caiu para 20 este ano, ou seja, redução de 54,5%.

“O número de homicídios vem caindo sistematicamente há alguns meses, sendo que na cidade de Londrina, especificamente, a redução é bastante significativa, ocorrendo a partir da reestruturação da Delegacia de Homicídios”, afirmou o delegado-chefe 10.ª Subdivisão Policial de Londrina, Osmir Ferreira Neves.

CRIMES PATRIMONIAIS – Os dados positivos vão além das mortes. A região de Londrina também registrou menos furtos e roubos nos três meses iniciais desde ano.

As ocorrências de roubos encolheram 42% no geral. A maior redução foi referente ao roubo de veículos, com 54,7% a menos de casos no comparativo com os mesmos meses de 2017. Os assaltos a comércio diminuíram 45,2%, em locais públicos reduziu 43,6% e à residência diminuiu 23%.

Redução também na contagem dos furtos, com queda de 9% no total. Furto a residência diminuiu 31%, no comércio -18,3%, de veículo -11% e em locais públicos -9% na região de Londrina.

“A redução dos índices criminais da cidade de Londrina decorreu de um esforço conjunto entre as Polícias Civil e Militar, fruto de uma integração permanente orientada pela Secretaria de Segurança Pública. Outro fator primordial foi a adoção, no âmbito da cidade de Londrina, da especialização da investigação, que propiciou maior identificação de criminosos e prisões”, explicou o delegado.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.