Policia Civil

17/05/2019

PCPR fecha empresa farmacêutica por vender produtos medicinais com validade expirada em Curitiba

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) em conjunto com a Vigilância Sanitária de Curitiba (VISA) realizou, na terça-feira (14), uma fiscalização em uma empresa farmacêutica, localizada no Sitio Cercado, em Curitiba. No local foi encontrado diversos produtos com data de validade expirada ou adulterada e sem documento de origem.

As investigações começaram através de uma denúncia anônima que levou os policiais civis até a empresa, onde encontraram diversos produtos com a data de validade expirada, entre eles produtos destinados à saúde, como kits diagnósticos para analises clínicas de pacientes. Entre outros produtos em caixas abertas contendo ácidos, reagentes e solução para uso em análises hematológicas e outros produtos diagnósticos com conteúdo extravasado.

Os produtos vencidos ou mal acondicionados se utilizados para análise em laboratório interferem no resultado do exame. Diante do fato, a PCPR e a Visa confeccionaram dez autos de infração e interditaram o local por irregularidades no armazenamento e distribuição de produtos para saúde, por não possuir licença sanitária e responsável técnico.

No momento da fiscalização o proprietário da empresa não estava no local, mas uma funcionária presente disse saber da comercialização de produtos vencidos e do mal acondicionamento.

O responsável pela empresa será indiciado pela prática do delito contra saúde, de falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produtos destinados a fins terapêuticos ou medicinais, por manter em depósito, vender e entregar à consumo produto sem registro no órgão de vigilância sanitária competente, sem a qualidade admitida para a comercialização e adquiridos de estabelecimento sem licença sanitária.

Se condenado, o homem poderá pegar até 15 anos de prisão.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.