Policia Civil

12/07/2019

PCPR fecha fábrica clandestina de balões na Capital

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) descobriu, na manhã desta sexta-feira (12), uma fábrica clandestina de balões, que funcionava no porão de uma residência situada no bairro Barreirinha, na Capital. O proprietário do local, um homem, de 35 anos, foi autuado em flagrante.

Os investigadores chegaram até a residência após um denúncia anônima. No local, a equipe policial encontrou um vasto material utilizado para confeccionar balões, tais como papéis de seda coloridos, buchas prontas para combustão, diversos tipos de fogos de artifício, rolos de linha, madeiras, varetas, arames, fios metálicos.  Também foram apreendidas ferramentas, maçaricos e demais utensílios necessários para fabricar os artefatos.

O alvo principal das investigações seria o irmão do homem preso durante a ação policial. Conforme apurado, ele seria um dos maiores “baloeiros” do Paraná e estaria fora do Brasil confeccionando balões sob encomenda em outros países. As investigações continuam com o intuito de responsabilizá-lo.

O proprietário da residência foi autuado em flagrante por crime ambiental e permanece à disposição da Justiça.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.