Policia Civil

10/10/2019

PCPR prende suspeito de repassar drogas e celulares para detentos de Francisco Beltrão

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) realizou uma fiscalização na Penitenciária Estadual de Francisco Beltrão, no início da tarde de quarta-feira (9), junto dos cães farejadores. Um dos funcionários que supervisiona as atividades dos detentos que trabalham no presídio, de 28 anos, foi preso em flagrante em posse de maconha e celulares.

O diretor da penitenciária acionou a PCPR, pois desconfiou que drogas e demais objetos poderiam estar entrando no local por meio do canteiro de obra dos presidiários – local em que eles trabalham confeccionando jeans.

Diante do fato, os policiais civis junto com os cães farejadores da PCPR iniciaram as buscas pelo canteiro de obra. De imediato, o cão Kiron, da raça Pastor-alemão, indicou a presença de drogas em um armário onde os funcionários terceirizados da empresa deixam seus pertences. Momento em que foi encontrado 150 gramas de maconha e dois celulares, e em seguida a carteira supervisor e uma bateria de celular preta.

Em continuidade as buscas, os cães localizaram mais um armário. Este de acesso dos detentos. Onde foi localizado um saco de pano, em que estava armazenado um serra de cortar ferro.

De acordo com a PCPR, o objeto só foi encontrado pelos cães pois constavam vestígios de maconha. Razão pela qual foi concluído que a serra estava sendo utilizada para fracionar a droga e repassar aos demais detentos.

Os policiais e os cães também realizaram buscas no veículo do homem. Kiron demonstrou interesse no porta-luvas do veículo, atitude que deixa claro que a droga foi transportada ali. Além disso, foi encontrado mais um aparelho celular e outras quatro baterias de celular novas.

Quando questionado, o rapaz assumiu a propriedade da droga e confessou que iria repassar para os encarcerados junto dos celulares e baterias de celular apreendido em sua posse.

O homem foi encaminhado para unidade da PCPR, em Francisco Beltrão, onde foi autuado por tráfico de drogas e encontra-se preso à disposição Justiça.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.