Policia Civil

02/12/2019

PCPR prende travesti suspeita de estupro de vulnerável em Quatro Barras

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) prendeu, na última sexta-feira (29), uma travesti, de 45 anos, suspeita de estupro de vulnerável contra um adolescente autista, de 17 anos, em Quatro Barras, Região Metropolitana de Curitiba (RMC). A prisão aconteceu na residência da suspeita, no bairro São Pedro, na mesma cidade.

Conforme apurado durante a investigação, no dia 27 de setembro desse ano, o adolescente teria perdido o trasporte escolar na saída da escola. Então ele teria decidido ir a pé para casa. No meio do caminho ele teria sido abordado pela travesti que estava em um veículo. Com a promessa de que ela o levaria para casa, o menino entrou no carro. Nesse trajeto ela teria cometido os abusos.

Após saber da situação, a mãe do menino procurou a polícia e registrou o Boletim de Ocorrência. Até então, pensava-se que a suspeita era uma mulher. Durante a investigação descobriu-se que se tratava de uma travesti, após a placa do seu veículo ser verificada. Há indícios ainda de que outros dois menores também tenham sido vítimas de abuso pela mesma pessoa.

A travesti foi presa preventivamente e está à disposição da Justiça.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.