V - Polícia Civil

04/01/2013

Delegacias do interior do Estado recebem novos titulares

Foi realizada nesta sexta-feira (04), a troca de titularidade da 15.ª Subdivisão Policial, em Cascavel, região oeste do Estado. Paulo Roberto Machado dará lugar a Alexandre Macorin de Lima, que atuava como adjunto na Divisão Policial da Capital (DPcap). Machado passará a responder pela Corregedoria na região de Maringá.

O novo delegado comentou quais serão seus objetivos frente à unidade. “Vamos atuar principalmente no combate ao tráfico de drogas, visando a redução dos números de crimes contra a vida e de crimes contra o patrimônio”, afirma Macorin.

Machado ressalta que o resultado dos seus dois anos como titular foi bastante significativo. “Foi possível atender de maneira efetiva a população de Cascavel, dando um incremento com a criação da Delegacia de Homicídios na cidade e também o aumento de efetivo que ocorreu no fim do ano passado. Isso ajudou a melhorar o relacionamento da Polícia Civil com outras instituições”, afirma o delegado.

OUTRA TROCA – A 13.ª Subdivisão Policial, em Ponta Grossa, região dos Campos Gerais também teve troca de delegados, durante cerimônia realizada na quarta-feira (02). O delegado Danilo Cesto assumiu oficialmente o posto deixado pela delegada Valéria Aparecida Padovani de Souza, que atuará interinamente na Secretaria Executiva da Polícia Civil.

Cesto, que estava lotado em São João do Triunfo, comentou da importância de interação com outras autoridades policiais da área. “Pretendo realizar uma gestão participativa, ouvindo as autoridades, buscando a melhor solução para os desafios que iremos enfrentar, sempre tendo como meta a redução dos índices de criminalidade, aumentando a sensação de segurança da população”, enfatiza o delegado.

O delegado possui alguns objetivos para fortalecer alguns setores essenciais dentro da polícia, ampliando projetos para combate ao tráfico de drogas e na elucidação de crimes contra a vida e contra o patrimônio. “Irei convocar um delegado de polícia para assumir cada um desses setores de investigação”, disse Cesto.

A delegada Valéria comentou que deixa a subdivisão com a sensação de dever cumprido. Ela citou sobre a reestruturação pela qual passou a delegacia, ressaltando que hoje a equipe é totalmente técnica, com policiais comprometidos com o trabalho que desempenham. Valéria lembrou que o município de Ponta Grossa permaneceu por um período de quase dois meses sem registrar um único homicídio.

Nas duas trocas de titulares a cerimônia de posse contou com a presença da adjunta da Divisão Policial do Interior, Margareth Alferes de Oliveira Motta, que representou o delegado-geral, Marcus Vinicius Michelotto e o delegado-divisional do Interior, Julio Reis, além de autoridades da sociedade civil e representantes de órgãos de segurança do município.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.