Como recuperar valores pagos

COMO RECUPERAR VALORES PAGOS EM GOLPES (PIX, TRANSFERÊNCIAS, BOLETOS, CARTÃO DE CRÉDITO)

NÃO É ATRIBUIÇÃO DA POLÍCIA CIVIL ESTORNAR VALORES OU REALIZAR O BLOQUEIO DE CONTAS

A RESPONSABILIDADE DA POLÍCIA CIVIL É REGISTRAR A OCORRÊNCIA E, CASO INSTAURADO INQUÉRITO, APURAR A AUTORIA DOS FATOS

 

1 - ENTRE EM CONTATO COM AS INSTITUIÇÕES FINANCEIRAS ENVOLVIDAS

 Entre em contato com sua instituição financeira ou operadora de cartão solicitando o cancelamento e estorno de valores.

Também pode entrar em contato com a instituição financeira da pessoa que recebeu o pagamento.

No caso do PIX, solicite o Bloqueio Cautelar dos valores conforme resolução 147/2021 do Banco Central;

ASSISTA AQUI AO VÍDEO DO BANCO CENTRAL EXPLICANDO COMO FUNCIONA O MECANISMO DO BLOQUEIO CAUTELAR: https://www.youtube.com/watch?v=-MCGhhAU0Vs

 

Veja aqui a página do Banco Central que explica o funcionamento do bloqueio cautelar: www.bcb.gov.br/detalhenoticia/591/noticia

 

 


 

2 - DENUNCIE AS CONTAS ENVOLVIDAS E RECLAME JUNTO AO BANCO CENTRAL CASO OS BANCOS SE RECUSEM A FAZÊ-LO

Denuncie e solicite o bloqueio das contas diretamente ao Banco Central através do telefone 145 ou (41) 32813000 opção 1 ou pelo site www.bcb.gov.br/acessoinformacao/faleconosco

Caso tenha algum problema de atendimento com as instituições financeiras, registre reclamação

- junto ao Banco Central em https://www.bcb.gov.br/acessoinformacao/registrar_reclamacao

- junto ao consumidor.gov.br em https://consumidor.gov.br/pages/conteudo/publico/1

- junto ao PROCON-PR em https://www.procon.pr.gov.br/Faca-aqui-sua-reclamacao

 


3 – Ajuizando uma ação no juizado especial: (o conteúdo desse item está na página da justiça)


    I) Preencher o formulário disponível no site do Tribunal de Justiça do Paraná (link www.tjpr.jus.br/pedidos-juizado-especial)


    II) Digitalize ou fotografe todos os documentos que você considera importantes para confirmar o seu relato e o seu pedido, inclusive o boletim de ocorrência. Devem compor os documentos encaminhados seu comprovante de endereço e seu documento oficial de identificação.


    III)Tire uma foto sua, pode ser uma selfie, segurando seu documento de identificação para que possamos confirmar sua solicitação. Serão necessárias duas fotos, uma com a frente e outra com o verso do documento.


    IV) Localize na lista de contatos oficial do TJPR (disponível no menu "CONTATOS DAS UNIDADES" acima) o e-mail dos Juizados Especiais de sua comarca. Utilize esse endereço para enviar toda a documentação citada acima, incluindo o formulário impresso e assinado. Depois disso basta aguardar o contato da unidade.

 

   Caso o valor envolvido na ação seja superior ao permitido pelo juizado especial ou você não consiga realizar os procedimentos anteriores, procure um advogado para ajuizar uma ação no Juizado Cível e recuperar os valores judicialmente.

Se não souber fazer isso, procure um advogado OU a defensoria pública.

Defensoria pública www.defensoriapublica.pr.def.br