PCPR promove cursos de atualização de armamento e tiro em Curitiba
12/11/2021 - 13:30

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) está promovendo o Curso de Armamento e Tiro, na Escola Superior de Polícia Civil, em Curitiba, desde o começo de outubro, para as unidades da Capital e da Região Metropolitana. O objetivo é atualizar as técnicas utilizadas e capacitar os servidores. Todos os policiais civis do Estado passarão pela capacitação, que acontece simultaneamente no interior do Estado.

O Curso de Armamento e Tiro surgiu da necessidade que a instituição tinha de reforçar a capacitação dos servidores. Entre as aulas estão manutenção de armamento, Atendimento Pré-Hospitalar de Combate (APH), treinamento no simulador de tiro e práticas de tiro real.

O delegado da Escola Superior de Polícia Civil, Rafael Vianna, explica que o treinamento foi idealizado pelo Delegado-Geral da PCPR, Silvio Jacob Rockembach, e é uma oportunidade para que os servidores atualizem os conhecimentos necessários para o exercício de suas funções policiais. 

De acordo com Rockembach, os cursos asseguram uma atualização de técnicas. “Isso garante que os serviços prestados à população sejam realizados de forma cada vez mais eficiente. Por outro lado, também vai dar mais segurança ao policial no exercício das suas atividades”, explica Rockembach.

O delegado Vianna ressalta que todos os policiais deverão passar pela capacitação. “Aproximadamente 4 mil policiais serão atualizados este ano de 2021, em manutenção da arma de fogo, tiro real no stand, e simulador, onde você desenvolve as técnicas de abordagem policial e também os fundamentos de tiro.” explica. Na capital, as aulas de simulador são feitas no simulador de tiro da própria escola, enquanto que no interior do Estado é utilizado o simulador móvel que se desloca por todas as subdivisões.

O investigador da PCPR e instrutor de manutenção de armas no curso de atualização, Sandromar Viana, conta que as aulas são divididas em teórica e prática e que todo o passo a passo é ensinado. “Passamos aos policiais como fazer uma manutenção adequada, a periodicidade, em quais circunstâncias deve fazer a manutenção, como conservar o equipamento e os riscos de falhas mecânicas que a falta de manutenção pode ocasionar na arma de fogo” afirma.

A escrivã Iara do Rocio, foi uma das servidoras que participou das aulas do curso. Há 28 anos atuando na PCPR, ela conta que vê o curso como algo de extrema necessidade para os policiais. “Enfim é uma preparação para que o policial se sinta seguro. É muito importante estar sempre aprendendo e sempre aprendendo novas possibilidades para poder seguir nessa profissão perigosa.” pontua.

Esta nova dinâmica, implementada pela atual gestão, garantirá que todos os policiais civis do Paraná estejam permanentemente condicionados para o uso adequado e profissional da arma de fogo. A ideia é, que nos próximos anos, sejam implementados módulos voltados para a operação polícia, como a abordagem e algemamento.

GALERIA DE IMAGENS

Últimas Notícias