Como recuperar seu Instagram

COMO RECUPERAR SUA CONTA NO INSTAGRAM

NÃO É ATRIBUIÇÃO DA POLÍCIA CIVIL RECUPERAR CONTAS DE PERFIS DO INSTAGRAM OU QUALQUER OUTRA REDE SOCIAL

A ATRIBUIÇÃO DA POLÍCIA CIVIL É O REGISTRO DA OCORRÊNCIA E, SE INSTAURADO INQUÉRITO, APURAÇÃO DA AUTORIA DOS FATOS

 

1 - RECUPERANDO A CONTA PELO PRÓPRIO APLICATIVO:

Para realizar esse processo de recuperação, você vai precisar de um endereço de e-mail diferente do utilizado na sua conta do Instagram e também não pode estar vinculado a qualquer outra conta do Instagram. Caso não tenha, crie um endereço de email novo para utilizá-lo neste procedimento.

1.1 - Acesse o aplicativo INSTAGRAM;

1.2 - Saia de todas as contas que estiver logado;

1.3 - Coloque o nome do usuário da conta invadida e clique em "ESQUECEU A SENHA";

1.4 - Coloque seu nome de usuário e clique em "PRECISO DE MAIS AJUDA";

1.5 - Aparecerá a opção de receber uma mensagem com final do seu telefone, marque a opção e solicite o código de segurança.

Se o criminoso não tiver habilitado verificação em duas etapas, você já poderá redefinir sua senha;

1.6 - Se a verificação em duas etapas estiver habilitada, clique em "NÃO CONSIGO ACESSAR ESSE EMAIL OU NÚMERO DE TELEFONE";

1.7 - Clique em "MINHA CONTA FOI INVADIDA";

1.8 - Se você tem uma foto sua no perfil, marque a primeira opção.

Caso seja uma conta comercial, marque a segunda alternativa;

1.9 - COLOQUE UM EMAIL NOVO OU ALTERNATIVO AO DA SUA CONTA;

1.10 - Faça vídeo de selfie e clique em enviar. Você receberá um email de confirmação.

Acompanhe sua caixa de entrada com informações para recuperação.

1.11 - Repita esse procedimento várias vezes durante o dia, a cada duas horas. Caso tenha problemas no aplicativo, procure uma versão anterior e tente novamente.

 


 

2 - ENVIO DE E-MAIL PARA security@mail.instagram.com

  • Envie preferencialmente a partir da sua conta de e-mail fornecido no cadastro do seu perfil;
  • Uma breve descrição do problema que você está enfrentando, inclusive a data em que você acessou sua conta pela última vez e como perdeu o acesso;
  • O endereço de e-mail ou o número de celular usado para cadastrar sua conta;
  • O dispositivo utilizado para cadastrar sua conta (por exemplo: iPhone, Android, IPad, computador). Se você tiver cadastrado usando um computador ou um tablet, informe também qual o sistema operacional foi usado (por exemplo: Windows, Mac, Linux) no momento do cadastro;

Após várias trocas de mensagens solicitando informações, o instagram irá enviar o código de recuperação da conta.

ESSE É UM MÉTODO QUE PODE DEMORAR HORAS OU ATÉ DIAS DEPENDENDO DAS INFORMAÇÕES QUE TIVER. É PRECISO INSISTÊNCIA TENTANDO POR VÁRIAS VEZES.

 


 

3 - REGISTRANDO UMA RECLAMAÇÃO JUNTO AO PROCON OU SITE CONSUMIDOR.GOV.BR

Acessando o site consumidor.gov.br e registrando reclamação junto à empresa Facebook/Instagram através do link https://consumidor.gov.br/pages/empresa/20210822003245118/perfil

Insira todas as informações da sua conta (link, endereço de e-mail, usuário) para que seja resolvido com mais celeridade

 


 

4 - Caso não consiga recuperar com os procedimentos acima, tente alternativas como:

  1. suporte do Facebook;
  2. por notificação judicial ou extra-judicial.

      https://brendalsilva.jusbrasil.com.br/artigos/1128916188/minha-conta-foi-hackeada-no-instagram-e-agora

      Pode peticionar no Juizado Especial (pequenas causas) solicitando o bloqueio da conta.

 
modelo de pedido junto ao juizado especial

Narrar a invasão, prejuízos, uso da conta para fraudes, etc
Juntar as tentativas de recuperação, notificação extra-judicial, provas de que a conta lhe pertencia

Determinar ao Facebook Serviços Online do Brasil Ltda, com endereço à Rua Leopoldo Couto de Magalhães Junior, 700, 5 andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, no prazo de 24 horas, sob pena de multa diária de R$ 10.000,00 cumulável até 100.000,00:
a) link de recuperação da conta @XXX (nome do usuário, email e telefone que estavam vinculados) para o novo e-mail usuario@email.com, criado pelo requerente;
b) fornecer os registros da conexão da conta @XXX no período compreendido entre DD/MM/AAAA (data da invasão) até o presente momento, devendo incluir os endereços IP com portas lógicas de origem, telefones e email vinculado.

 

Se não souber fazer isso, procure um advogado OU

a defensoria pública em  www.nuciber.pr.gov.br/defensoriaPublica